Salada no Frasco

Agora que chegou o Verão, a Salada no frasco é uma opção saudável ideal para levar para a praia ou trabalho.

Este é apenas um guia (fundamental) de como preparar a tua Salada no Frasco para este Verão.

O principal  é separar a salada por camadas: Na base ficam os molhos e no topo ficam os verdes. O importante é não deixar o molho entrar em contacto com os verdes, para que estes não fiquem murchos.

Arranje u frasco largo e alto e comece a fazer as suas camadas:

Camada 1 – Molho
Azeite, Vinagre, Vinagrete

Camada 2 – Vegetais Duros Impermeáveis
Cenoura, Grão, Ervilhas, Tomatinhos cherry, feijão verde, cebola
Basicamente todos os ingredientes que murcham ao absorver o molho.

Camada 3 – Vegetais Moles e Sementes
Pepino, Abacate, Milho, Quinoa, Tomate fatiado, Fruta, Cogumelos, etc

Camada 4 – Verdes
Rúcula, Alface, Espinafres, entre outras folhas…

Camada 5 – Proteínas
Carnes Brancas, frutos secos, ovo cozido, queijo, etc

Salada no Frasco

Ou seja, é só colocar os ingredientes camada a camada pela lógica da imagem acima, bem aconchegadinhos e tapar com uma tampa de enroscar.

Esta é uma óptima a opção para deixar preparada no dia anterior, basta guardá-la no frigorífico e levá-la para onde quiser no dia seguinte: para o trabalho ou para a praia.

Para ficares a par das novidades,
segue-nos no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo
envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com

Apesar de adorar o que faço, a verdade é que também preciso de uma pausa para recarregar energias, recuperar forças e descansar a cabeça.
A verdade é que estava ansiosa por esta viagem, Córsega era um dos destinos da minha Bucket List e visto termos um casamento em Paris a meio de Agosto tentamos conciliar tudo. E conseguimos! Houve tempo para relaxar junto à piscina, dar muitos mergulhos, para umas corridinhas à beira-mar, com treinos leves (viva ao DELOAD), para estar com família que já não via há imenso tempo e ainda deu tempo para dar um saltinho à Torre Eiffel <3

O tempo na Córsega não podia ter estado melhor, jantares cá fora super agradáveis, um intenso mar azul e paisagens lindas que encantam.
Optamos por ficar em Ajaccio e o nosso hotel ficava a cerca de 2km do aeroporto e cerca de 15min de autocarro do centro de Ajaccio, numa zona bastante tranquila.


Chegamos Domingo à noite, cerca das 23h, exaustos com tanto tempo de viagem e espera entre voos, resolvemos apanhar o avião em Lisboa para Marselha e depois um avião para Ajaccio. Foi simplesmente chegar ao hotel e cair para o lado.

Na segunda de manhã acordámos e fomos direitinhos para o pequeno-almoço, quem é que é capaz de resistir a um pequeno-almoço de hotel?
Este pequeno-almoço era típicamente francês, com muita variedade de queijos e compotas, crepes (always), vários tipos de pães, croissants e pain au chocolat. Para além disso tinha opções como fruta, iogurtes, cereais, e alguns pratos quentes como os típicos ovos mexidos e ovos cozidos.
O Hotel de 4 estrelas tinha ainda um restaurante “Les Bougainvillées” que servia especilidades da ilha, reinventadas e super gourmet. Ora espreitem lá:

Os dias eram passados pela praia ou piscina, aproveitando recarregar baterias, num hotel perfeito para ser aproveitado por toda a família.



Booking.com

Num dos dias decidimos visitar o centro de Ajaccio e fazer um cruzeiro até às Ilhas Sanguinárias.

Foi bom para aproveitar para ler um livro e ter tempo para pensar nos meus projectos pessoais. Uma ilha bonita, com imensos sítios para visitar.
Gostava de ter tido mais tempo, ter alugado um carro e ter percorrido um pouco da ilha, mas infelizmente tínhamos poucos dias para descansar pois na Sexta-Feira íamos de viagem novamente, desta vez para Paris e com um casamento no fim-de-semana. Quem sabe numa próxima oportunidade. Até à próxima!

Para ficares a par das novidades,
segue-nos no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com

468x60_Saude

Ora cá estamos.  É nesta altura que se definem os novos objetivos no ano. O de muita gente é tentar perder os quilinhos a mais que acumulou na época natalícia para quando chegar ao Verão estar outra vez nos “eixos”, mas até que o calor comece apertar vão-se deixando andar.

Toda a gente sabe que os Corpos de Verão se constroem no Inverno, mas claro que enquanto andamos todas tapadas com roupa, o “problema” parece muito menor. Desenganem-se se acham que ir um/dois meses antes do verão correr que nem doida para o ginásio vai fazer milagres.

Não existem dietas milagrosas que nos consigam dar o “beach body” em 4 semanas.

Mas afinal o que é o Beach Body?
Podem perguntar a quem quiserem, penso que as resposta vão ser mais ao menos unânimes. A resposta será: um corpo bonito, sem gordura e sem celulite (pois, está bem!).

Para mim isto é um utopia, por isso sugiro que se foquem em ter um corpo saudável, que cuidem dele o ano inteiro. Trabalhem nele durante todos os dias. As nossas escolhas também se reflectem no nosso corpo, são sobretudo as escolhas que tomamos que definem o nosso corpo. Não podem ir para o ginásio durante uma hora e depois ir comer grande fatia de cheesecake, né ? E coloquem na cabeça que cada metabolismo é diferente, logo o nosso corpo também é diferente.

Trabalhem o vosso corpo, sem pressa, nem pressão, para que possam olhar para ele ao espelho  e consigam pensar: “Gosto do que vejo”.

Tenham um corpo para o Natal, para a Passagem de Ano, para o Dia dos Namorados, para a Páscoa e não só para o Verão.

Seguindo o mote da Jéssica Athayde:”Não queiras ser perfeita mas faz o melhor por ti

Para ficares a par das novidades,
segue-nos no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com

Adoro esta nova coleção da Nike com motivos florais.

Os 3 modelos são lindos! Qual o vosso preferido?

A coleção “Photosynhesis” já está disponível no site da marca.