Este artigo não é uma receita de Granola Caseira, mas sim um guia para fazeres a tua própria granola, ao teu gosto e com os ingredientes que tiveres em casa.

1. Ingrediente Principal: Aveia
Aveia normal, integral ou sem gluten. Fica ao teu critério!

2. Uma colher da tua especiaria favorita (ex.: Canela)

3. Uma chávena de frutos secos/sementes
Podes fazer um mix ou optar apenas por um tipo. Vale tudo desde amêndoas, nozes, avelãs, sementes de girassol ou papoila. A escolha é tua!

4. Uma chávena de frutos desidratados se gostares (ex.: Passas )

Mistura todos os secos num recipiente. Agora vamos para passar para os restantes ingredientes que devem ser misturados num recipiente à parte.

5. Escolher um adoçante: Mel, Maple Syrup, Agave, Açúcar de Coco ou outro à escolha!

6. Adicionar uma gordura, de preferência óleo de coco derretido.  (1/4 de chávena)

7. Adicionar um pouco de sal e se desejares 1 chávena de coco desidratado para aumentar o sabor.  Se desejares podes ainda adicionar uma colher de chá de aroma de baunilha ou outro à escolha.

Envolve os ingredientes e mistura com os ingredientes secos.

Espalha num tabuleiro coberto com folha de papel vegetal e leva ao forno a 150º durante +/- 30 minutos ou até ficar com um aspeto dourado.

Se não gostares de pedaços grandes de granola, vai mexendo a mesma para não ficar grandes pedaços colocados.

Nota:  Se gostas desses pedaços de granola, aumenta um pouco a quantidade dos ingredientes molhados, mas não te esqueças que vais estar a aumentar também o número de calorias!

Podem ver aqui a minha receita de Granola Caseira com Banana. Simples e rápida de fazer!

Para ficares a par das novidades,
segue-me no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com

468x60_Saude

*Fonte: Pixabay

Já há alguns tempos falei-vos de alguns itens de cozinha que considero essenciais na alimentação saudável. Hoje venho falar-vos sobre a minha despensa e sobre o que não pode faltar lá!

Na minha entrevista para o Clube Fitness respondo sobre o que não pode faltar na minha despensa, mas neste post venho falar-vos um pouquinho mais sobre as minhas escolhas e sobre mais alguns alimentos.

Estes são os essenciais que fazem parte da minha alimentação diária:

  1. Batata Doce – Um hidrato “bom” de libertação lenta. É óbvio que não pode faltar lá em casa!
  2. Aveia – Quer seja para papas, sumos ou para as panquecas. Aveia não pode faltar lá em casa e opto sempre pelo farelo em vez dos flocos.
  3. Ovos – Cozidos, escalfados, mexidos, estrelados (sem óleo), nas panquecas ou omeletes.. este não pode mesmo faltar lá em casa!
  4. Claras de ovo – outro “must have” que uso para compor a nivel de nutrientes algumas receitas: às vezes nas papas, nas panquecas, nas omeletes, nos bolos, nos crepes, no fluff ou na albutella. <3 Podem ler a minha opinião sobre as Claras de Ovo.
  5. Manteiga de Frutos Secos – Neste momento a minha manteiga preferida é a de Caju, mas até há pouco tempo não podia faltar manteiga de amendoim. É perfeita como topping em papas ou panquecas.
  6. Courgette – Para aqueles dias em que me dá uma vontade de comer massa, mas não me cabe nas macros, são a minha opção low carb. Faço uns zoodles e está prontinho andar!
  7. Queijo Fresco – Quer seja numa omelete, numa tapioca ou simplesmente na salada.
  8. Brócolos – Uma das minhas resoluções de 2017 é incluir mais vegetais na minha alimentação. Os brócolos são dos poucos legumes que consigo tolerar. Por isso, tento incluir sempre na minha refeição.
  9. Cogumelos – Para mim, cogumelos com uns ovos, frango ou atum é uma refeição perfeitamente normal !
  10. Frutos Silvestres – Tenho sempre alguns congelados e coloco sempre como topping. Quer seja no iogurte, smoothie bowl, papas de aveia, etc. Vou variando na fruta, mas frutos silvestres tem sempre que haver!
  11. Banana – É o pandemónio lá em casa se não há bananas! Literalmente!
  12. Chocolate – Um quadradinho antes de ir deitar e durmo muito melhor!
  13. Frango – Sempre, mas sempre no congelador. Isto não pode faltar lá em casa, senão ninguém almoço/janta!
  14. Salmão – Uma postinha de salmão ou salmão fumado também não pode faltar lá por casa. Por norma, para um jantarzinho mais leve.
  15. Atum – um básico essencial! Super prático e versátil, dá para utilizar em inúmeras receitas.
  16. Tapioca – a nova moda brasileira também não pode faltar lá em casa. Quer seja doce ou salgada já é um must-have.
  17. Gelatina – Existe sempre um recipiente no frigorifico para aquelas horas em que dá “aquela fominha”.
  18. Iogurte – Não vivo sem um iogurte por dia. Por isso, existe sempre um ou dois potes de 1kg pelo frigorifico!

Estes ingredientes básicos servem perfeitamente para quem está a mudar a alimentação e quer torná-la mais saudável. Existe imensa variedade para fazeres pratos diferentes quase todos os dias!
Relativamente aos legumes também podes optar por: Beringela, Beterraba, Couve-Flor, etc..
Para além da Batata Doce, podes ter por casa Grão de Bico, Feijão e lentilhas.
Para um jantarzinho leve podes sempre optar por um Sardinha ou Cavala.
Relativamente ao iogurte opta pelos não açucares e com baixo teor em gordura.
Não é obrigatório gastar muito dinheiro para termos uma alimentação mais saudável, temos que fazer escolhas conscientes.

Podes dar uma vista de olhos nas receitas do blogue e encontrar sugestões saudáveis e deliciosas.

Nota: Os superalimentos que tenho usado vêem numa fase posterior a esta, com o intuito de melhorar e de usufruir de todos os benefícios que eles têm para oferecer.

 

Para ficares a par das novidades,
segue-nos no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com

468x60_Saude