Quem me segue sabe que atualmente estou a preparar-me para uma meia-maratona. Após ter falhado a meia-maratona de Coimbra para a qual me estava a preparar regressei aos treinos de musculação e reduzi os treinos de corrida.  Para além disso, estou ainda a seguir o plano nutricional aconselhado pela Team Sik Nutrition.
Tenho calorias adaptadas aos meus treinos e às minhas necessidades, mas para além disso também tomo alguma suplementação.  Querem saber o que tomo? Ora vamos lá…

Multi-vitamínico EVOVITS

O EvoVits de HSN Sports é um Complexo Multivitamínico com vitaminas, minerais, antioxidantes e extratos vegetais cujo objetivo é o de promover a saúde cobrindo possíveis carências nutricionais. Tanto as vitaminas como os minerais são elementos fundamentais porque fazem parte de outras moléculas importantes como enzimas, coenzimas e até algumas hormonas e são imprescindíveis para o crescimento e a manutenção dos tecidos do organismo, atuam como antioxidantes, intervêm na produção de energia, são indispensáveis para ter um sistema imunitário saudável entre outras várias outras funções.
Para além de cumprir com os macronutrientes, é preciso de contar também com os micronutrientes. Para que não exista qualquer carência a esse nível resolvi incorporar o Evovits na minha rotina diária.

EVODREN

O Evodren de HSN Sports é um produto recente desta marca e  é um suplemento que combina a ação de diferentes extratos de plantas, como a Cavalinha, o Dente de Leão, Salsa, Garcinia Cambogia, Extrato de Pimenta preta e Extrato de chá verde, entre outros.
Resolvi experimentar pois faço imensa retenção de líquidos, este produto ajuda a eliminar líquidos retidos, a melhorar a composição corporal e faz com que não sinta 5kg extra em cada perna quando vou correr.
Chá verde, chá de cavalinha e chá de dente de leão também são uma óptima opção para ter em casa!

Colagénio de HSN Essentials

O Collagen Silício Orgânico & Magnesium de HSN Essentials é uma fórmula que combina três ingredientes destacados para a correta manutenção da saúde, tal como o colagénio marinho, o magnésio e o silício orgânico.
Resolvi incorporar na minha rotina para melhorar a minha pele e a saúde dos meus ossos e articulações.

Melatonina de HSN Essentials

A melatonina é a hormona responsável por regular os padrões de sono no nosso organismo, mas  esses ciclos de sono são alterados como resultado, entre outros, o stress diário… Esta adição extra ajuda a melhorar significativamente a nossa fase de sono e, portanto, a obter um melhor descanso noturno.
Resolvi encomendar para conseguir ter um descanso melhor devido a uma fase mais stressante. Não tomo diariamente apenas quando sinto que necessito de ter uma boa noite de sono e sei que os meus níveis de stress vão afetar isso.

 

Não me quero alongar muito mais, pois não sou nenhuma expert em suplementação, nem nutricionista, nem quero incentivar-vos a adquirir estes produtos. Este artigo vem no sentido de partilhar o que faço e o que vou descobrindo com o objetivo que isto possa vir a ser útil para alguém. Acredito que esta partilha incentive à pesquisa, à busca de mais informação e até mesmo leve à procura de aconselhamento profissional e individual!

Gostaria de saber a tua experiência/Opinião! Fazes algum tipo de suplementação? Se sim, Porquê?

Tens algum acompanhamento que te ajudou a compreender essas necessidades?

 

Atenção: Antes de começares qualquer dieta ou atividade física não te esqueças de entrar em contato com profissionais e de fazer exames  de rotina pelo menos uma vez por ano.

Para ficares a par das novidades,
segue-me no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com

468x60_Saude

 

O Treino  Funcional visa fortalecer o core, o centro de força do corpo, dos quadris e da região lombar.

Os exercícios são executados nos planos baixo, médio e alto, tanto vertical quanto horizontalmente, isso vai depender da necessidade e intensidade de cada pessoa.
Para a realização do treino funcional só é necessário o corpo. Conforme a evolução, podes incluir acessórios e aparelhos como: halteres, cordas, barras, bolas, fitas, cabos, entre outros.
A base dos movimentos naturais é o peso do próprio corpo e nos movimentos naturais do ser humano, como pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar.

Circuito 1 – 3 Séries 

10 Agachamentos
10 Flexões
1 min a Saltar à corda

Descanso 1min e repetir novamente até completar 3 rondas.

Circuito 2 – 3 Séries
10 Lunges
10 Flexões de Trícep
1 min a Saltar à corda

Descanso 1min e repetir novamente até completar 3 rondas.

No final deste circuito recomendo uma corrida de 15min ou uma caminhada de 30min.
Não se esqueçam de fazer algum tipo de aquecimento e alongar no final da caminhada ou da corrida.

No vídeo a seguir faço a demonstração dos exercícios com algumas variações. Manteres-te em movimento é a meta! Bons Treinos! 

 

 

Benefícios do treino funcional
O treino funcional permite trabalhar todos os músculos do corpo e, entre muitos benefícios, tem os seguintes:

– Fortalece a zona abdominal e lombar
– Contribui para a perda de massa gorda
– Previne lesões musculares
– Reduz a sensação de fadiga no dia a dia
– Recupera a agilidade
– Fortalece a musculatura

Para ficares a par das novidades,
segue-nos no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com

468x60_Saude

Já partilhei convosco uma receita de Waffles Fit, podem encontrar a receita aqui.

No entanto eu gosto de experimentar novas receitas e melhorar antigas. Testei esta nova receita e adorei! Por isso, partilho convosco esta nova receita.

É muito fácil e podes fazer uns waffles saudáveis, pouco calóricos e super saborosos. Para além disso podes incorporar no teu pequeno-almoço do dia-a-dia ou como pós/pré treino. Agora já podes comer um delicioso waffle sem arruinar a “dieta”.

Receita de Waffles Saudáveis e Proteícos

Ingredientes

  • 1 Ovo
  • 50g de Claras de ovo
  • 40g de Flocos de Aveia
  • 10g Farinha maizena
  • 30 Proteína Sabor baunilha ( usei da HSN ]])
  • 100g de Queijo quark 0% gordura
  • 10g de Aroma baunilha
  • 1 colher de café de Fermento
  • Sal a gosto

Preparação

Junta todos os ingredientes numa liquidificadora, à excepção do Queijo Quark. Adiciona primeiro os alimentos líquidos e só depois os sólidos.

Tritura tudo até a massa ficar com uma textura cremosa e homogénea, depois envolver com o queijo quark.

Unta a máquina de waffles, cobre cuidadosamente com a massa sempre por baixo do limite, para não verter quando fechar (mais ao menos 2 colheres de sopa)

Fecha a máquina e aguarda durante cerca de 5 minutos ou até ficarem dourados.

Coloca os toppings a gosto.

http://elecozinhaelalava.pt/2017/02/05/receita-waffles-saudaveis-proteicos/

Para ficares a par das novidades,
segue-nos no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com

468x60_Saude

 

Ando completamente apaixonada por estas panquecas, que aprendi com a Marta. Já partilhei imensas vezes no instagram e facebook e podem ver aqui a Receita de Panquecas Saudáveis de Banana e Baunilha aqui.
Hoje a receita é praticamente igual, mas em vez da Proteína de Baunilha, usei a Proteína de Chocolate Branco-Coco da HSN e juntei Pepitas de Cacau Cru da Iswari e assim nasceram estas Panquecas Saudáveis de Banana e Chocolate Branco-Coco.

Receita de Panquecas Saudáveis de Banana e Chocolate Branco-Coco
Ingredientes
Instruções
  1. Misturar os secos (proteína, farinha, fermento, a goma xantana, as pepitas e canela) e os molhados (banana,leite,óleo de côco e gemas )em separado deixando as claras de parte.
  2. Combinar os 2 e por ultimo envolver as claras.
  3. Deixar a massa repousar cerca de 15min e cozinhar numa frigideira anti aderente.

Para ficares a par das novidades,
segue-nos no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com

Compra os produtos ISWARI online em www.iswari.pt e tem 10% desconto em todos os produtos usando o código ELEELA10.



A proteína possui um papel importantíssimo na construção e manutenção dos tecidos, no sistema imunológico, na construção e reparo do DNA, além de produzir energia e realizar muitas outras funções.
Como o corpo não armazena proteína, é importante obter o suficiente na alimentação praticada.

Se tivermos uma alimentação completa e variada, o nosso corpo não pede suplementação extra, mas para quem treina regularmente e quer uma recuperação mais rápida, uma maior definição muscular ou uma necessidade de maiores níveis de proteína para atingir as macros ou necessidades nutricionais, as proteínas são uma boa opção.

Existe imensa oferta no mercado no que toca a Whey, todas elas diferentes a nível de sabor, consistência e valores nutricionais.
Para quem é intolerante à lactose ou por questões éticas e/ou religiosas não quer consumir proteína animal, a proteína vegetal é a alternativa.
Eu não tenho qualquer intolerância à proteína do leite e posso consumir Whey à vontade. No entanto, por escolha própria resolvi mudar para a proteína vegetal, o seu consumo não causa inchaço, devido à ausência de lactose e de glúten e ajuda a reduzir a gordura abdominal. Para além disso, como tenho pele oleosa, com tendência acnéica, a Whey não é a melhor opção, daí a minha mudança.

Tento sempre suprir as minhas necessidades nutricionais através da alimentação, mas como treino diariamente recorro a este tipo de suplementação para aumentar a minha performance e acelerar a recuperação.

Cada vez mais se vê esta nova geração de proteínas vegetais, são poucas ainda, mas aos poucos e poucos vão conquistando o mercado. Hoje venho falar-vos da minha atual opção e de algumas experiências.

Myveggies da Prozis

Por dose: 120kcal | 1,44g de Gordura | 1,77g de Hidratos | 24,90g de Proteína
Esta foi a minha primeira experiência com proteína vegetal e não correu muito bem.  É uma proteína boa, mas de difícil dissolução.
Acabei por usá-la  em receitas em vez de a beber.

Veggie Protein da Eu Nutrition

Por dose: 103kcal | 1,7g de Gordura | 1,9g de Hidratos | 20g de Proteína

É uma proteína 100% Vegetal, feita a partir de farinha de ervilha e arroz e adoçada com Stevia.
Apenas experimentei esta proteína no PortugalFit, pelo que não posso falar muito, mas a proteína diluiu-se bastante bem e tinha um sabor agradável.

V-Protein da Gold Nutrition

Por dose: 90kcal | 0,40g de Gordura | 1,50g de Hidratos | 20g de Proteína
Esta proteína é rica em proteínas vegetais (83%) e possui na sua composição todos os aminoácidos essenciais para o organismo e para além de não conter açúcares e possuir um valor baixo em gorduras.
O sabor é bom e dissolve-se facilmente, mas mesmo assim ainda fica uma textura meia farinhenta.

Proteína de Ervilha Isolada da HSNPortugal

Por dose: 117,3 kcal | 1,9g de Gordura | 2,6g de Hidratos | 22,3g de Proteínas
Neste momento a que tem mais % de proteína na sua composição, apesar de ter o valor de hidratos mais elevado.
É livre de Aspartame e Acesulfame-K, sem colesterol nem lactose e apresenta ainda 4g de BCAAs por dose.
Ao verificar que esta Proteína tem 1,9g de Gordura fui investigar o porquê, não é normal as proteínas vegetais terem valores tão elevados. O “elevado” valor de gordura deve-se à goma guar.
A goma guar é uma fibra extraída da semente da planta de guar e tem uma série de finalidades como tratar a constipação, a diarreia, auxiliar no tratamento de obesidade, diabetes e reduzir o colesterol.
A goma guar é utilizado também como um agente espessante. Por isso, para além deste proteína se dissolver muito bem (das melhores até agora), fica também uma espécie de creme sem a textura “farinhenta” habitual nas proteínas vegetais.
Esta é a minha proteína de eleição do momento.

E vocês, tomam whey ou proteína vegetal?
Se já experimentaram alguma destas, conhecem outras opções ou simplesmente querem partilhar a vossa opinião, comentem por aqui ou no facebook, para trocarmos experiências 🙂 

Para ficares a par das novidades,
segue-nos no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com

NOTA: A indústria da suplementação e a publicidade enganosa não ajudam. Por isso, se não conseguirem ter a opinião de um profissional, leiam bem os rótulos, pesquisem sobre as palavras que não conhecem e façam análises constantemente para perceber se há algum impacto negativo desse suplemento no vosso organismo.



468x60_Saude