Não  é a primeira vez que vos trago uma receita de Mugcake e também não vai ser a última!
Para quem ainda não experimentou não sabe o que está a perder!

Os Mugcakes podem ser saudáveis e proteícos (desde que utilizem os ingredientes certos)

São uma óptima opção como snack ou como pequeno-almoço porque são rápidos de preparar. Basta juntar os ingredientes e levar ao microondas durante +/- 3 minutos, dependendo da potência do microondas. Tão simples, certo? E este mugcake só leva 3 ingredientes!

Ora vamos lá à receita:

Mugcake de Courgette

Ingredientes

  • 25gr de Farinha de Aveia (utilizei da HSN com sabor a Cookies)
  • 100gr de Claras de Ovo
  • 80gr de Courgette

Preparação

Triturar tudo com ajuda da varinha mágica ou colocar tudo numa liquidificadora.

Colocar numa caneca e levar ao microondas cerca de +/- 3 min (depende da potência) e está pronto a servir.

http://elecozinhaelalava.pt/2017/09/06/mugcake-de-courgette/

Neste mugcake utilizei o Girassol da Carol como um dos toppings. Para quem não conhece é uma alternativa às manteigas de Frutos Secos. É saudável, nutritiva e “amiga do intestino” porque não uma digestão “pesada”, inchaço abdominal, gases, cólicas, ou desconforto que muitas vezes os frutos secos provocam.
A sua produção é  100% artesanal, caseira, sem óleos, sem açúcares ou adoçantes.

Para além disso :
 É baixa em hidratos de carbono
 Possui um alto teor de omegas 3 e 6 – gorduras que são protectoras do sistema cardiovascular e estão associadas à diminuição da fracção LDL (o “mau colesterol”) do colesterol total
 É rica em anti-oxidantes e propriedades anti-inflamatórias essenciais ao sistema imunitário
 O seu conteúdo proteico apresenta um perfil de aminoácidos bastante completo
 É uma boa fonte de vitaminas e minerais essenciais (cálcio, ferro, magnésio, selénio..)

Está disponível em formato 300gr e 600gr e envia para Portugal continental, ilhas e Europa! Encomenda a tua a partir do facebook Girassol da Carol ou no Instagram

 

Para ficares a par das novidades,
segue-nos no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com



Não, não me enganei a escrever o título.
O Zulado, é a mais recente invenção da nutricionista Maria Inês Antunes e deu origem ao gelado mais fit que alguma vez vais comer! Com alto teor proteico e sem açúcares adicionados. Espreita aqui!

Já todos sabemos que é preferível um belo geladinho caseiro saudável aos do supermercado devido à infindável lista de ingredientes com nomes estranhos que eles têm, aos açúcares refinados, às gorduras hidrogenadas e uma série de aditivos alimentares.

Isso não significa que a gente não possa comer um de vez em quando, temos é que estar conscientes dessa opção. Eu também como quando me apetece!
Nestes dias de calor, faço um geladinho em casa que obedeça às minhas macros e serve perfeitamente como lanche a meio da tarde.
É portanto, um gelado para comer sem culpa.
Tem baixo valor energético, um elevado teor proteico, só tem o açúcar dos alimentos utilizados e um baixo teor de gordura.
Eu optei por adicionar quark para ficar mais cremosa, mas a receita original não leva.

Vamos então à receita?

Zulado de Frutos Silvestres

Ingredientes

  • 1 courgette crua (cortada aos cubos e congelada);
  • 200 gr de frutos silvestres congelados;
  • 10gr de proteína com sabor a baunilha ou Frutos silvestres (usei da HSN)
  • 150gr de Quark

Preparação

Coloca todos os ingredientes numa liquidificadora ou num processador de alimentos até obter uma consistência cremosa.

Podes consumir de imediato ou congelar uma a duas horas.

http://elecozinhaelalava.pt/2017/08/09/zulado-frutos-silvestres/

Curgete num gelado? Porque não? Nós também adicionamos vegetais aos sumos. Qual é mal de adicionar ao gelado?
Para além disso a courgette não tem um sabor intenso e torna o preparado mais consistente e ainda mais saudável. Para além disso “Contém compostos bioactivos com actividade antioxidante e efeitos positivos na saúde, devido à presença de compostos fenólicos, minerais, como o magnésio e o potássio e vitaminas, como a vitamina A e a C. Para além destes benefócios, vários estudos mostram que o consumo frequente de curgete tem um efeito preventivo da diabetes, através da regulação da glicémia, contribuindo para a sua redução.” diz a Maria Inês Antunes.

Para ficares a par das novidades,
segue-me no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com



*Fonte: Pixabay

Já há alguns tempos falei-vos de alguns itens de cozinha que considero essenciais na alimentação saudável. Hoje venho falar-vos sobre a minha despensa e sobre o que não pode faltar lá!

Na minha entrevista para o Clube Fitness respondo sobre o que não pode faltar na minha despensa, mas neste post venho falar-vos um pouquinho mais sobre as minhas escolhas e sobre mais alguns alimentos.

Estes são os essenciais que fazem parte da minha alimentação diária:

  1. Batata Doce – Um hidrato “bom” de libertação lenta. É óbvio que não pode faltar lá em casa!
  2. Aveia – Quer seja para papas, sumos ou para as panquecas. Aveia não pode faltar lá em casa e opto sempre pelo farelo em vez dos flocos.
  3. Ovos – Cozidos, escalfados, mexidos, estrelados (sem óleo), nas panquecas ou omeletes.. este não pode mesmo faltar lá em casa!
  4. Claras de ovo – outro “must have” que uso para compor a nivel de nutrientes algumas receitas: às vezes nas papas, nas panquecas, nas omeletes, nos bolos, nos crepes, no fluff ou na albutella. <3 Podem ler a minha opinião sobre as Claras de Ovo.
  5. Manteiga de Frutos Secos – Neste momento a minha manteiga preferida é a de Caju, mas até há pouco tempo não podia faltar manteiga de amendoim. É perfeita como topping em papas ou panquecas.
  6. Courgette – Para aqueles dias em que me dá uma vontade de comer massa, mas não me cabe nas macros, são a minha opção low carb. Faço uns zoodles e está prontinho andar!
  7. Queijo Fresco – Quer seja numa omelete, numa tapioca ou simplesmente na salada.
  8. Brócolos – Uma das minhas resoluções de 2017 é incluir mais vegetais na minha alimentação. Os brócolos são dos poucos legumes que consigo tolerar. Por isso, tento incluir sempre na minha refeição.
  9. Cogumelos – Para mim, cogumelos com uns ovos, frango ou atum é uma refeição perfeitamente normal !
  10. Frutos Silvestres – Tenho sempre alguns congelados e coloco sempre como topping. Quer seja no iogurte, smoothie bowl, papas de aveia, etc. Vou variando na fruta, mas frutos silvestres tem sempre que haver!
  11. Banana – É o pandemónio lá em casa se não há bananas! Literalmente!
  12. Chocolate – Um quadradinho antes de ir deitar e durmo muito melhor!
  13. Frango – Sempre, mas sempre no congelador. Isto não pode faltar lá em casa, senão ninguém almoço/janta!
  14. Salmão – Uma postinha de salmão ou salmão fumado também não pode faltar lá por casa. Por norma, para um jantarzinho mais leve.
  15. Atum – um básico essencial! Super prático e versátil, dá para utilizar em inúmeras receitas.
  16. Tapioca – a nova moda brasileira também não pode faltar lá em casa. Quer seja doce ou salgada já é um must-have.
  17. Gelatina – Existe sempre um recipiente no frigorifico para aquelas horas em que dá “aquela fominha”.
  18. Iogurte – Não vivo sem um iogurte por dia. Por isso, existe sempre um ou dois potes de 1kg pelo frigorifico!

Estes ingredientes básicos servem perfeitamente para quem está a mudar a alimentação e quer torná-la mais saudável. Existe imensa variedade para fazeres pratos diferentes quase todos os dias!
Relativamente aos legumes também podes optar por: Beringela, Beterraba, Couve-Flor, etc..
Para além da Batata Doce, podes ter por casa Grão de Bico, Feijão e lentilhas.
Para um jantarzinho leve podes sempre optar por um Sardinha ou Cavala.
Relativamente ao iogurte opta pelos não açucares e com baixo teor em gordura.
Não é obrigatório gastar muito dinheiro para termos uma alimentação mais saudável, temos que fazer escolhas conscientes.

Podes dar uma vista de olhos nas receitas do blogue e encontrar sugestões saudáveis e deliciosas.

Nota: Os superalimentos que tenho usado vêem numa fase posterior a esta, com o intuito de melhorar e de usufruir de todos os benefícios que eles têm para oferecer.

 

Para ficares a par das novidades,
segue-nos no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com

468x60_Saude

Back to Basics é o que esta nova coleção lançada pela Lefties diz.
Maior parte das pessoas opta por escolher uma peça preta e conjugar com uma peça colorida.
Há uns tempos escrevi um artigo sobre isso, podem ler mais aqui.
Ir ao gym vestida com as primeiras leggings que encontras e com a t-shirt mais velha que tens no armário está totalmente out.
A prática de desporto está na moda, por isso convém pensar num look  giro, confortável e que te motive, mas se o preto funciona porquê inventar a roda?

Vejam as peças lindas da Lefties:

i-wear-all-black-to-the-gym

Para ficares a par das novidades,
segue-nos no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com

A Margarida resolveu lançar em Dezembro o seu blogue, Operação Ano Inteiro, e partilhar com todos  os amantes do exercício físico e de alimentação saudável a sua experiência, dicas, treinos e alimentação. E eu rapidamente dei com o blogue e  passou a fazer parte dos meus favoritos. Por gostar tanto do blogue e da energia que a Margarida transmite, decidi convidá-la para colaborar comigo na criação de alguns artigos o blogue.

Por isso, hoje é um dia especial em que a Margarida, autora do blog Operação Ano Inteiro colabora pela primeira vez com Ele Cozinha, Ela Lava.
Espero que gostem deste artigo que ela preparou:

Decidi escrever as MELHORES dicas que aprendi até hoje e reuni tudo num só post!!!! Espero que sejam tão úteis para vocês como são para mim…

Algumas destas ideias são bem conhecidas por todos nós mas nem sempre utilizadas da melhor forma. Vamos ver!

  • Começar o dia com um copo de água com umas gotinhas de limão. Excelente para activar o metabolismo logo pela manhã;
  • Comer muita fruta (3-4 peças por dia). Evitar comer banana ou frutas com altos índices glicémicos (cocô, açaí ou abacate) em cima da hora de ir dormir;
  • Optar pelos vegetais (sopinha 2 vezes por dia já ajuda, e muito). Saladas, wraps de vegetais, sumos de vegetais são óptimas alternativas para cumprir esta regra;
  • Apostar em alimentos como a canela, pimenta e gengibre. São termogénicos naturais que activam o metabolismo e, consequentemente, ajudam a queimar calorias!
  • Fazer exercício físico pelo menos 3 vezes por semana. Andar, correr, nadar, patinar, limpar a casa… Bem qualquer coisa que permita o corpo mexer-se e fazer algum tipo de esforço. Para os verdadeiros amantes da actividade física, 3-5 vezes por semana é o ideal. Atenção: o corpo deve descansar pelo menos um dia por semana!
  • Evitar sal, açúcar e estimulantes. Substituir o sal por flor de sal ou sal marinho, o açúcar por mel ou tâmaras secas, e os estimulantes (café e álcool) por chás naturais;
  • Evitar lactícinios.  Substituir leite de vaca por bebidas de soja, aveia, arroz ou amêndoa. Substituir o queijo de vaca por queijo de cabra ou ovelha. Substituir a manteiga por geleias naturais. Atenção aos açúcares presentes nesta última!
  • Comer mais vezes ao dia em menor quantidade (ou seja, porções mais pequenas – comer em prato de sobremesa ajuda muuuito);

Se quiseres saber o que comer antes e depois do treino, quais são os meus snacks saudáveis para o dia-a-dia e muitas mais novidades visita o meu blogue: www.operacaoanointeiro.pt