A Carolina e a rotina

Categories Maternidade

Têm perguntado como consigo gerir as coisas com a Carolina e a verdade é que não consigo. Tem dias em que consigo fazer mil uma coisa porque adormece fácil e brinca sozinha e outros em que estou imenso tempo a adormecê-la para ela despertar logo de seguida e nestes dias é impossível que consiga brincar sozinha.
Portanto são dias de muito mimo e muito colinho, por isso as tarefas domésticas ficam para segundo plano. 

A Carolina nunca foi um bebé calmo, não gosta de ir dormir e só tem dois estados : olhos abertos ou olhos fechados. O único sinal de sono que dá é começar a esfregar as mãos pela cara e orelhas e às vezes já passou o timming, mas é o que é. 
Temos contado com a ajuda da Mafalda Navarro para estabelecermos rotinas e melhorar o sono. Neste momento estamos a ensinar à Carolina que deve fazer sestas maiores que 30 minutos e basicamente isso faz-se voltando a adormecê-la quando ela desperta demasiado cedo. (e às vezes demora 15 minutos até fechar os olhos novamente),mas o sono como sabem dá pano para mangas e falarei sobre isso noutro post. Adiante! 

A Carolina já come sopa ao almoço juntamente com carninha e iniciou há uns dias nas papas (que é o que ela mais adora). 
Neste momento faz  6 ‘refeições’ por dia.

Passo a dizer mais ou menos por horas a rotina:
1.Leite: Entre as 8h30 e as 9h00
2.Sopa: Entre as 11h40 e o 12h30
3.Papa: Entre as 15h30 e as 16h00
4.Leite: Entre as 20h00 e as 21h00
5.Leite: Entre as 23h30 e a 00h00 (mamada dos sonhos) 
6.Leite: entre as 4h00 e as 5h00
Pode ainda fazer uma refeição de leite mais pequena por volta das 18h.

Faz 3 sestas ao longo do dia:
1. Sesta da manhã (1h-1h30) por volta das 9h00/9h30
2. Sesta da tarde (1h30-2h) por volta do 12h30/13h00
3. Sesta de fim de dia (45min) por volta das 17h00/18h00

Ao final dia e antes de ir para a cama existe banho ou apenas a troca pelo pijama e vamos brincar e acalmar para o quarto. Por volta das 20h30/21h está a dormir no berço e lá fica até +/- as 7h30.

Por vezes ainda desperta e temos que a voltar a readormecer. Tem noites mais agitadas em que a meto na nossa cama (com os devidos cuidados) porque é mais fácil para a acalmar.

View this post on Instagram

Dormir na mesma cama que o meu bebé faz mal? Hoje falamos sobre Co-sleeping (seguro) e prevenção do Síndrome de Morte Súbita do Lactente (SMSL) A Síndrome de Morte Súbita do Lactente (SMSL) consiste na morte súbita e sem explicação de um bebé durante o primeiro ano de vida. É uma situação assustadora porque acontece sem aviso prévio num bebé aparentemente saudável. A maioria dos casos está associada ao sono e por isso é conhecida como “morte no berço”. Dormir na cama com o bebé aumenta o risco de SMSL e o risco de asfixia. Este risco aumenta consideravelmente se os adultos que partilham a cama com o bebé: fumam, estão muito cansados,tomam medicamentos calmantes ou se ingerem bebidas alcoólicas. Idealmente o bebé deve dormir numa cama adequada. Durante os primeiros seis meses e até ao ano de vida a cama deve estar colocada ao lado da cama dos pais. Sabe-se que 22% dos recém-nascidos partilham a cama com os pais em alguma noite. Sabemos também que, dormir com o bebé na nossa cama muitas vezes nos salva as noites e é da forma que todos dormem um pouco. Vai sendo uma forma de toda a gente manter a sanidade mental! Dormir em contacto estreito com o bebé ajuda-os a acalmar, a estabelecer e a continuar a amamentação. Por sua vez a amamentação protege-os do SMS. Nenhum ambiente de dormir é 100% livre de riscos. Nem quando o bebé dorme sozinho na sua cama. Assim, se por vezes partilha a cama com o seu bebé, é de EXTREMA importância que o faça em SEGURANÇA. Só assim se reduzem os riscos de SMS e asfixia. ATENÇÃO: Bebés Prematuros – é desaconselhado partilhar a cama. Medidas de segurança para co-sleeping seguro: 💕Deitar o bebé de barriga pra cima; 💕Assegurar que ambos, mãe e pai, sabem que o bebé se encontra na cama; 💕A cama deve ser encostada à parede e o bebé deve ficar desse lado da cama, protegido pela mãe que tendencialmente assume uma posição em “C” (mães que amamentam, pela questão hormonal que esta envolve, são mais responsivas. Quer isto dizer que têm um sono mais leve e portanto acordam com mais facilidade. No entanto este sono apesar de leve, é altamente reparador ). Continua nos comentários

A post shared by pinga amor (@pinga_amor) on

Por aí como é ou como foi a rotina dos vossos bebés com 5 meses(quase 6)?

Para ficares a par das novidades,
segue-me no Facebook aqui
e/ou no Instagram @elacozinha,

Se quiseres entrar em contacto comigo envia-me um e-mail para elecozinhaelalava@gmail.com


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.