Os benefícios dos Frutos Secos

Fazem bem ao coração, dão energia e têm alto valor nutricional.

Neste artigo vou apenas falar dos frutos secos oleaginosos (Nozes, amêndoas, pistácios, avelãs, pinhão, castanha do pará, gergelim, castanha de caju, noz de pecã). Estes são ricos em “vitaminas, minerais e fitoquímicos. São, de forma genérica, constituídos por cerca de dez a 25% de proteína, cinco a 20% de hidratos de carbono e 50 a 60% de lípidos, ou seja, gordura. Mas não se assuste já! Trata-se de uma gordura “saudável”, imprescindível para a saúde e para o bom funcionamento do corpo humano e útil na prevenção das doenças cardiovasculares.

Os frutos secos ajudam na redução do colesterol total e do LDL, são ricos em fibras vegetais que beneficiam o trânsito intestinal e ajudam a saciar o apetite. A vitamina E presente nos frutos secos, combate os efeitos nocivos originados pelos radicais livres, evitando o envelhecimento precoce.

Cada fruto seco apresenta características sigulares:

Amêndoa
A amêndoa contém muitas vitaminas, oligoelementos, ferro e cobre. O seu elevado teor em ácidos gordos monoinsaturados faz deste fruto seco um bom alimento em dietas de hipertensos e em casos de colesterol e triglicéridos elevados.

Avelã
Um fruto seco indicado em dietas para regularizar o colesterol ou ainda em casos de doenças cardíacas. São os frutos secos mais ricos em vitamina A e vitamina C, sendo a quantidade de magnésio também muito significativa.

Nozes
Tal como a avelã, também as nozes são bons frutos em dietas para regularizar o colesterol e em dietas para doenças cardíacas, devido aos ácidos gordos e ómega 3. A diferença é que ela tem pouca fibra e proteína.

Pinhão
O que destaca o pinhão dos outros frutos secos é que ele contribui para o bom funcionamento do sistema nervoso e ajuda também na redução do nível de colesterol.”

Castanhas
As castanhas são ricas em hidratos de carbono e, por isso, uma “excelente fonte de energia”.
Tem um teor de gordura bastante inferior ao de outros frutos secos, “além de terem cerca de 50% de água”. Por estes motivos, as castanhas são um fruto seco bastante menos calórico.

Caju
O Caju são muito nutritivos e uma excelente fonte de proteínas e muitos minerais essenciais. O Caju também contém vitaminas como a C, B1 , B2 , B3, B-6, ácido fólico, E e vitamina K.

Castanha-do-pará
A quantidade de cálcio e magnésio presente garante a síntese de massa óssea perfeita e faz muito bem aos ossos. E, como se não bastasse, ainda auxilia no bom funcionamento da tiróide e do cérebro.
Mais do que tudo isso, é uma excelente fonte de selênio, mineral que produz o antioxidante glutationa peroxidasse, importantíssimo para combater radicais livres e eliminar toxinas do organismo.

Ao escolher este tipo de frutos é necessário ter em atenção o facto de estes terem sido processados pela indústria e lhes ter sido acrescentado, por exemplo, sal ou açúcar, consoante os casos. Contrariamente, os benefícios que apresentam perder-se-iam.

Apesar dos benefícios descritos, estes frutos devem ser consumidos sempre com moderação devido ao seu elevado teor calórico, que poderá ser prejudicial. Pode e deve retirar proveito destes super alimentos com peso e medida. O ideal é consumir de seis a dez frutos secos por dia, sendo que uma meia noz conta como uma unidade. Incorpore estes frutos secos ao seu pequeno-almoço, às barras de cereais, saladas, doces, como snacks, etc…

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *