Power Jump

Sabe o que é Powerjump? Não!? Como não?
Sim, sim! É aquela aula que tem um mini trampolim, essa mesmo.

Para mim é a melhor aula que existe no ginásio, ando completamente apaixonada.

Não venham com histórias que é dificil, que não têm jeito, bla bla bla! Isso são só desculpas. Como em quase todas as restantes modalidades é preciso ir umas quantas aulas para se aprender os movimentos básicos, entrar no ritmo e claro… resistência.

Em todas as aulas vão existir pessoas que já fazem daquilo há meses (anos até!) e vocês não têm que se sentir intimadas por elas. Façam como eu, vistam-se de preto e fiquem bem escondidinhas enquanto aprendem os movimentos, depois de entrarem no ritmo e terem confiança está na hora do show-of! Estou a brincar! A melhor maneira de aprender, em qualquer aula, é estando perto do instrutor, vendo os seus movimentos e uma vez que estão no campo de visão do mesmo ele também vos vai conseguir corrigir e dar dicas, por isso não fiquem no fundo da sala ou tentem passar despercebidas(os), assim será mais dificil aprender.

Ao contrário do que se pensa, o trampolim não é para lá andar aos saltinhos como se estivessemos num insuflavél ou num trampolim de verdade. O Objectivo é saltar empurrando a lona para baixo, isso requer muitos das nossas pernocas e é um exercicio muito eficaz no combate à celulite. Mas os benefícios do PowerJump são imensos:

  • Melhora do tónus e da força da musculatura das pernas.
  • Alto gasto calórico, média de 700 kcal por aula – “Quantas calorias?” – perguntam vocês. AH POIS É!
  • Melhora do equilíbrio corporal.
  • Melhora da condição física, por conta do trabalho cardiovascular.

Outra coisa que motiva também nesta e em todas as outras aulas é o instrutor, ou no meu caso instrutora: Mafalda Mira. Para quem nunca experimentou Power Jump e gostaria de ter uma boa experiência aconselho a irem a uma aula dela.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *